Tutorial HTML

Atendendo a pedidos da galera da faculdade, aqui vai um breve tutorial de HTML para aqueles que faltaram na aula do prof° Luis Vicente (25/02/08).

1. O que é o HTML?

HTML significa ‘HyperText Markup Language’, e é uma linguagem universal destinada à elaboração de páginas com hiper-texto, como o nome indica. O conceito de hiper-texto é bastante simples: Certos itens de um documento contêm uma ligação a outra zona do mesmo documento ou, como é mais vulgar, a outros documentos.

A principal aplicação do HTML é a criação de páginas na Web, e convém esclarecer que não se trata de uma linguagem de programação. De facto, o HTML é antes uma espécie de linguagem de formatação, um ficheiro de texto que é formatado através de uma série de comandos – ‘tags’.

2. As bases do HTML

Como disse, o HTML consiste em texto formatado por ‘tags’. Embora existam várias dezenas destes ‘tags’, apenas uma pequena parte destes é utilizada normalmente. Há algumas regras básicas que é necessário compreender antes de se começar com a criação de páginas…

Todos os ‘tags’ são inseridos entre o sinal de menor e maior:
<tag>

Tirando aqueles que representam a posição de um objecto (a inserção de uma imagem, por exemplo), todos os ‘tags’ de formatação devem ser abertos e fechados (utilizando o caracter ‘/’):
<tag> </tag>

Todos os ‘tags’ obedecem a uma hierarquia, como no seguinte exemplo:
<a> <b> <c> </c> </b> </a>

O primeiro a abrir é o último a fechar, e vice-versa.
<a> <b> <c> </a> </b> </c> É ERRADO.

É indiferente utilizar maiúsculas ou minúsculas nos ‘tags’. Nestes tutoriais irei utilizar maiúsculas apenas por uma questão de leitura.
<tag> é igual a <TAG> e a <Tag>

Todas as páginas em HTML são identificadas pelo ‘tag’ <HTML>, que terá obrigatóriamente que estar no início. Obviamente, qualquer página irá acabar com </HTML>.
<HTML>
.
.
.
</HTML>

Todas as páginas em HTML contêm duas partes: Aquela definida por <HEAD>, e que contém todas as informações do cabeçalho da página; Outra parte definida por <BODY>, contém quase tudo aquilo que iremos ver realmente na nossa página.
<HTML>
<HEAD>
.
.
</HEAD>
<BODY>
.
.
</BODY>
</HTML>


3. Página em HTML

Podemos começar por inserir o seguinte:
<HTML>
<HEAD>
<TITLE>A minha primeira página</TITLE>
</HEAD>
<BODY>

</BODY>
</HTML>

Dica:
Devemos criar uma pasta nova no nosso disco para conter a página, e devemos gravar o nosso ficheiro de texto como ‘index.htm’. Porquê? Quando a página está a ser visualizada no nosso disco, é indiferente, mas nos servidores onde são alojadas as páginas na Internet, a página inicial por defeito chama-se index.html ou index.htm.

Que conclusão podemos tirar? O texto que aparece como título da janela é definido pelo ‘tag’

<HTML>
<HEAD>

<TITLE>A minha primeira página</TITLE>
</HEAD>
<BODY>

Olá mundo!

</BODY>
</HTML>

Convém então esclarecer algo: Em HTML, os espaçamentos e mudanças de linha processam-se de um modo algo diferente. Todo o texto é interpretado continuamente, e na verdade é possível que todo o HTML de uma página esteja numa única linha. Os espaços, tal como neste tutorial, apenas servem para tornar o código mais legível a quem o cria.

Vamos introduzir o seguinte ‘tag’:
<BODY>
Olá mundo!
<BR>
Chamo-me Eduardo.
</BODY>

Este <BR> (de Break) dá instruções ao browser para fazer uma mudança de linha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *