Inbound Marketing: uma nova maneira de atrair clientes na Internet

Angariar o sucesso dos negócios exige muita dedicação e planejamento, trabalhar táticas que não apenas ofertem o produto/serviço, mas que igualmente promovam ações que efetivamente venham atrair e cativar o interesse do consumidor em manter contato assíduo com a empresa. A veracidade de tal afirmação tem despertado, progressivamente, a atenção das instituições em habilitar esforços com intuito de articular e fomentar a interação do público com a marca, de forma a motivá-los a sustentar e progredir com este relacionamento.Dentre as mais diversificadas metologias corporativas, uma que cada vez mais tem tomado destaque no mercado é o Inbound Marketing, Freud explica.

Seu mais novo amigo (porque garanto que você vai gostar) Inbound Marketing, é uma nova maneira de usufruir do marketing de modo contiguo com a internet, que diferentemente do marketing convencional que aborda suas ações por meio da interrupção, age através do interesse do público, suscitando sua curiosidade e, assim, o seduzindo por meio de conteúdo bem elaborado e estruturado, estimulando a busca gradativa por mais informações que digam a respeito da entidade. Também referido no campo estratégico como um perfil comercial “farmer” (fazendeiro) e não hunter (caçador), o Inbound Marketing em análise recente revelou dados muito promissores, como 93% dos processos de compra começarem com uma busca online, e que 34% de todos os leads gerados em 2013 terem vindo desta estratégia. Além disso, as observações idem mostraram que:

  • Organizações que aumentaram as postagens de seus blogs de 3 a 5 vezes por mês para 6 a 8, dobram a prospecção de leads;
  • 80% dos consumidores optam pela procura de informação sobre produtos/serviços em artigos antes de anúncios publicitários;
  • Redes Sociais obtêm índice de produção de leads 100% maior em contraposta ao Outbound Marketing.
  • Inbound Marketing detêm custo 62% menor com a geração de cada lead em comparação ao marketing convencional;
  • 50% das organizações que investem no Inbound Marketing alegam redução de gasto com cada lead;

Significativamente mais viável, econômico e abrangente que o Outbound Marketing (marketing tradicional), o Inbound Marketing incrementa a eficiência das estratégias empresariais em parceria com a internet empregando o uso de blogs, vídeos online, podcast, ebooks, mídias sociais, fóruns, e-mails, webnários, social bookmarketing, e SEO, que irão afunilar o perfil alvo que a instituição visa, munido da vantagem de facilmente ser encontrado por clientes que estão a procura do conteúdo proposto. Mas não unicamente o que é disponibilizado na rede pela organização e que assertivamente incitou o interesse do expectador vem a ser Inbound, mas outrossim qualquer forma de comentário, recomendação, sugestão ou boca-a-boca online que direcione-se a uma empresa se identifica como este método. As instituições abordam no Inbound Marketing os seguintes estágios:

I- Suscitar/gerar tráfego
II- Fazer visitantes passarem a serem leads/contatos
III- Transformar leads em clientes/vendas
IV- Fidelizar os clientes já existentes e avolumar as vendas
V- Avaliar cenário para amoldar constantes melhorias

Avaliando o quadro do mercado hodierno, empregar tal estratagema denuncia excelentes oportunidades de negócio e de afinidade com o target, já reconhecidamente vantajosa para a receita das instituições que vem aderindo a suas práticas, a mesma tornou-se exímia ferramenta para divulgação e relacionamento, cabendo as entidades empresariais como principal ingrediente para êxito no uso deste procedimento, trabalhar bem o conteúdo a ser publicado e que deverá fisgar e granjear seu alvo, deste modo, convertendo pós os processos, no que toda instituição financeira almeja, lucro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *