Empresas sem estratégia online perdem espaço para concorrentes no mundo Digital

A falta de visão quanto a inovações estratégicas emergentes no mercado tem sido um dos principais pontos que impedem as empresas de avolumar seus resultados, que em razão do irredutível apego a modelos antigos, sem perceber, se tornam retrogradas e não têm mais folego suficiente para acompanhar seus consumidores, que agora, mais do que nunca, são avidamente adeptos das novidades tecnológicas.

Mediante ao público alvo, adotar presença online não se compreende apenas como diferencial, mas sim, essencial. E resistir a este direcionamento significa ser sucumbido pela concorrência.

O implementar de estratégias digitais não representa simples tendência, mas compreendido atua.

lmente, como um dos mais importantes investimentos de marketing, no qual empresas trabalham a captação de prospects através de ações online. Todavia, em contraposta aos ótimos resultados que estas organizações tem auferido, as que ainda não contemplaram o mundo digital em seus planos estratégicos, de fato estão perdendo espaço no mercado. Segundo o diretor da Pitney Bowes Software Brasil, Ronaldo Oliveira, “Esta é uma grande oportunidade perdida pelas empresas que poderiam ajudar no seu crescimento usando qualquer uma, de uma série de ferramentas acessíveis e fáceis de utilizar para entregar e medir seus programas de marketing.”

Nos últimos anos, de acordo com a diretora do Google para a América Latina, Adriana Loreña, as PMEs de países emergentes perdem cerca de US$ 2 bilhões a cada ano, por não implementar em seus métodos o uso da web. Ao se tratar mais especificamente do Brasil, conforme o estudo realizado a pouco tempo atrás pela Boston Consulting Group, PMEs que não atuavam com marketing digital, deixaram de lucrar 20% a mais em suas vendas, isto é, oito pontos percentuais a baixo da concorrência que investiu em práticas na rede.

Na receita para sucesso o empresarial, internet marketing se tornou ingrediente imprescindível, com direcionamento de verba completamente flexível e adaptável, coadunadamente ao ROI em muito satisfatório, por que perder tempo (e dinheiro) contrapondo-se ao emprego desta medida?

Como ratificado em estudos, não fazer parte do universo online, significa chance de lucratividade perdida, ainda pior, ofertadas ao concorrente, pois as práticas na rede em veraz não se caracterizam por um elevadíssimo custo, como idealizam alguns mitos, mas efetivamente como investimento, que através de mecanismos proporcionados por esta, auxiliam os consumidores a encontrarem seus produtos/serviços. Sua empresa aparece nas buscas do Google? Saiba que a marca de seu concorrente sim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *